fluxo de caixa, pagamento, prazos, recebimento, relatórios,

O fluxo de caixa serve para pagamentos e recebimentos determinado num intervalo de tempo dentro da empresa, assim o mesmo pode controlar tudo que há para pagar e receber (entrada e saída).
O fluxo de caixa pode ser verificado de varias formas e tipos como:

Postecipados: É o pagamento ou recebimento começam a ocorrer ao final do primeiro intervalo do tempo.
Limitados: É quando o fluxo de caixa é feito pagamento e recebimento através de prestações.
Constantes: Indica que os valores dos termos que compõem entre si.
Periódicos: É quando os intervalos são idênticos entre si.

Na verdade o fluxo de caixa vai auxiliar o empresário em sua tomada de decisão com relatório. Para que ser esse relatório?

Auxiliar o empresário a tomar decisões antecipadas sobre a falta ou sobra de dinheiro na empresa.
Planejar e controlar as entradas e saídas.
Planejar melhores políticas de prazos de pagamento e recebimento.
Avaliar o melhor momento para efetuar as reposições de estoque em função dos prazos de pagamento e da disponibilidade de caixa.
Avaliar a capacidade de pagamento antes de assumir compromissos.



COMO COMEÇAR A MONTAR E GERENCIAR O RELATÓRIO DE FLUXO DE CAIXA?

Verifique, analise e registre saldo em dinheiro no caixa bem como saldos bancários.
Manter as entradas e saídas sempre atualizadas.
Quando o fluxo de caixa se torna negativa por longo período consecutivo, indica que seu capital de giro pode está comprometido! Neste caso é bom pensa em promover vendas à vista .

Portanto, o fluxo de caixa dentro da empresa ou no financeiro pessoal é de suma importância para que a mesma sempre tenha resultado positivo e em caso de negativo saber o que fazer em cada tomada de decisão.

712