ativos, clientes, crédito, dinheiro, financeira, fluxo de caixa, fornecedores, Gestão, juros, pagamentos, sistemas,

A chave para a gestão de imprevistos de caixa é tomar ciência do problema de forma tão antecipada e precisa quanto possível.

Tomar ciência do problema de forma tão antecipada com o Fluxo de Caixa

Sabemos que bancos não têm muita simpatia por clientes que precisam do dinheiro “para ontem.”
Eles preferem muito mais emprestar-lhe antes que você precise, de preferência com meses de antecedência.

Na grande maioria solicitar uma linha de crédito em seu banco pode ser uma das soluções, isso permite que você tome dinheiro emprestado até um limite pré- estabelecido toda vez que precisar.
Já que é muito mais fácil conseguir o dinheiro quando você não precisa dele, negociar uma linha de crédito antes de ficar totalmente negativo é algo vital.

Caso os bancos não lhe concedam linhas de crédito, recorra aos seus fornecedores.
Você muitas vezes pode obter prazos estendidos de fornecedores – que equivalem a empréstimos a juros baixos – bastando para isso pedir.



Isso é especialmente verdadeiro se você tem sido um bom cliente no passado recente, e manteve-os informados sobre a sua situação financeira.

Procure saber sobre a existência de serviços financeiros dispostos a pagar-lhe hoje pelas contas que, de outra forma, você só receberia daqui a semanas, ou mesmo meses.
Isso implica em um custo extra, mas você eliminará a dor de cabeça da cobrança, e será capaz de financiar as suas operações sem precisar recorrer a um empréstimo.

Veja com seus clientes a possibilidade de acelerar os pagamentos.
Explique a situação e, se necessário, ofereça um desconto.

Você deve ir atrás dos seus clientes inadimplentes – aqueles com faturas vencidas há mais de 90 dias.
Ofereça-lhes um bom desconto se uma renegociação de pagamento.

Você pode ainda levantar dinheiro, vendendo e penhorando ativos tais como maquinário, equipamento, computadores, sistemas telefônicos e até mesmo mobília de escritório.
Empresas de penhores podem estar dispostas a realizar as transações.
Esse tipo de transação é onerosa e você poderá perder os seus ativos se fracassar em pagar o resgate combinado.

Selecione com cuidado as contas que você pretende pagar.
Não vá simplesmente pagar as contas menores, e deixar o resto acumular.



Dar preferência para folha de pagamentos deve ser uma alternativa a ser considerada – empregados sem pagamento transformam-se rapidamente em ex-empregados.
A seguir, pague os seus fornecedores cruciais.
Aos outros, peça prazos adicionais ou realize pagamentos parciais.

1365